Pré-parto

Epi.No – Entenda o que é!

Por 14 de fevereiro de 2019 Sem Comentários

Para os profissionais que trabalham na área pode ser um termo comum. Mas para muitas mulheres, pode ser um termo desconhecido. O que será este tal de EPI.no ?

O próprio nome descreve o produto. ‘EPI’ vem de episiotomia e ‘No’ é derivado da palavra Não. Ou seja, Episiotomia. NÃOOO.

Mas o que seria uma Episiotomia?  

Simplificando: a Episiotomia é um corte feito na região da vagina para facilitar a saída do bebe pelo canal do parto. Com as novas recomendações da OMS ( Organização mundial de saúde), preconiza-se que não seja feita.

E ai, que entra o Epi.no?

Com este dispositivo, conseguimos trabalhar para alongamento dos músculos da vagina. O tamanho de períneo e, desta forma, evitamos as lesões e cortes desnecessários e caso haja alguma laceração, que ela seja de um grau pequeno.

 Existem dois tipos de EPINO:

– Epino Delphine e Epino Delphine Plus.

Descrição do produto: são exercitadores perineais fabricados na Alemanha, com a colaboração de ginecologistas, obstetras, fisioterapeutas e pacientes.

Consiste em:

1- Balão de silicone;

2- Uma pera;

3- Manômetro de pressão (plus);

4- Válvula de desbloqueio de ar.

Indicações:

Os dois modelos são patenteados e destinados para a preparação de parto e exercitadores dos músculos do assoalho pélvico (alongamento e fortalecimento). Ajudam a ter uma ótima recuperação no pós-parto.

Muito importante a avaliação com profissional especializado para utilização de forma correta. A fisioterapia obstétrica irá te auxiliar e avaliar seu períneo para que você faca uso com segurança.

A Donna Fisio, com sua equipe, está preparada para lhe atender em SP, interior, ABC e outras regiões. Também em  domicilio.

Saiba que esse produto pode ser usado na gestação de três semanas antes da data prevista do parto e no pós-parto como forma de recuperação do períneo.

Muitas mulheres podem passar por ate quadro, por exemplo: fazer xixi quando corre, pula, brinca com o filho, da risada.

Algumas acontecem durante a gestação… já outras não.

Deixe um comentário